Fale conosco pelo WhatsApp

Como doar óvulos: Passo a passo

Corações dentro de um copo e estetoscópio em cima de mesa branca

Procedimento é seguro, rápido e de baixo risco. Para realizá-lo, a doadora precisa seguir algumas normas. Conheça quais

Quando uma mulher deseja engravidar, mas, por algum motivo, ela não produz mais óvulos, ela pode optar pela utilização de óvulos doados (ovorrecepção). A prática é regulamentada pela Resolução nº 2.294/21, do Conselho Federal de Medicina (CFM), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Lei de Biossegurança.

ovodoação é a iniciativa de doar óvulos saudáveis (mulheres jovens) a bancos de material genético e/ou clínicas de reprodução humana assistida, sem com isso ter algum tipo de lucro financeiro. É proibido, no Brasil, cobrar pela doação de óvulos.

Como doar óvulos?

A doação pode ser feita de duas maneiras:

  • Voluntária: nesse caso, uma mulher de até 37 anos, que não tenha problemas de fertilidade, pode fazer a ovodoação com o único objetivo de ajudar os casais, ou outras mulheres, que estão encontrando dificuldades para ter filhos.
  • Compartilhada: na forma compartilhada, a doadora deve ser uma mulher que esteja em tratamento de reprodução humana assistida. Ela terá parte de seu tratamento custeado pela paciente receptora em troca da doação de metade de seus óvulos.

Esse processo deve ser feito de maneira totalmente anônima, ou seja, doadora e receptora dos óvulos não devem se conhecer. Apenas em situações especiais, informações sobre os doadores poderão ser fornecidas exclusivamente para os médicos, resguardando a identidade da doadora.

As doadoras são avaliadas também em relação às características fenotípicas da receptora, como altura, tom de pele, cor dos olhos e dos cabelos, entre outros aspectos físicos considerados importantes.

Como doar óvulos no Brasil?

A resolução do CFM determina que a doadora deve seguir os seguintes requisitos:

  • Ter até 37 anos;
  • Não apresentar história familiar de doença genética;
  • Não ter doenças infectocontagiosas ou sexualmente transmissíveis;
  • Possuir bom potencial ovariano;
  • Apresentar tipo físico e sanguíneo compatíveis com a receptora.
  • Poderá ser parente de até 4º grau do marido (único caso em que conhecer a identidade da doadora é permitido)

A Resolução foi flexibilizada atualmente, permitindo a doação entre familiares e doação até 37 anos, porém a grande maioria dos serviços de reprodução sugere que as doadoras sejam mais jovens para otimizar os resultados do processo. Na Mater Prime são priorizadas doadoras até 32 anos, com exceção dos casos de características físicas muito peculiares e de difícil pareamento. (DR RR autorizou colocar essa informação)

A mulher interessada em doar seus óvulos também deve passar por alguns exames de sangue e ginecológicos para excluir doenças como hepatites B e C, HIV, sífilis, Zika vírus, clamídia, gonorréia, HTLV e Covid-19, além de realizar tipagem sanguínea e cariótipo (genética).

Como doar óvulos: Conheça todos os passos

A doadora dos óvulos, quando o processo ocorre de maneira voluntária, se submete a um tratamento de estimulação ovariana – que dura de 12 a 14 dias – com hormônios injetáveis em subcutâneo (a própria mulher aplica as medicações), para que sejam produzidos mais folículos, que posteriormente possam gerar óvulos maduros.

Durante esta etapa, a doadora passa por um acompanhamento, em que são realizados exames de ultrassom para verificar se a estimulação está surtindo o efeito esperado.

Quando os folículos atingem o tamanho ideal, é realizada uma coleta por meio de punção e aspiração folicular. O procedimento ocorre em ambiente de centro cirúrgico com sedação, dura cerca de 20 minutos, e consiste em punção com do fundo vaginal guiada por ultrassom transvaginal para que os ovários sejam acessados e o conteúdo líquido dos folículos seja aspirado através de sistema de vácuo acoplado à agulha.

Esse material é analisado, para que seja comprovada a qualidade dos óvulos, e, em seguida, eles podem ser utilizados para fertilização ou serem congelados, por tempo indeterminado.

Os óvulos doados serão fertilizados com o sêmen do companheiro da receptora e caso a doadora esteja também em tratamento, a parte que lhe coube de seus óvulos será fertilizado com o sêmen de seu companheiro. Ambas as pacientes farão uso de medicações hormonais para preparar a parede interna do útero (endométrio) para receber os embriões. A transferência embrionária é um procedimento rápido e simples que transfere os embriões para a cavidade uterina e nove dias depois, é realizado um exame de sangue para detectar a gravidez.

Como doar óvulos? Onde posso doá-los?

Caso você tenha interesse em fazer uma doação voluntária, deve procurar uma clínica especializada em reprodução humana ou hospitais que realizem tratamentos com óvulos doados.

Não existe um número máximo de vezes que a mulher pode fazer a doação, desde que sejam respeitadas as normas da ovodoação.

Vale lembrar que a ovodoadora pode engravidar no futuro, caso deseje, pois a doação de óvulos não prejudica a fertilidade, porque os óvulos que serão coletados para a doação seriam perdidos naquele mês, o que acontece a cada ciclo menstrual quando os óvulos não são fecundados.

Existem riscos para quem doa óvulos?

Os riscos são mínimos, mas podem existir. As principais complicações possíveis incluem:

  • Dor de cabeça durante o estímulo hormonal;
  • Dor no local da aplicação hormonal;
  • Desconforto abdominal;
  • Mudanças no estado de humor;
  • Hiperestimulação ovariana (retenção de líquido e desconforto abdominal mais importantes após o a coleta de óvulos – 3 % dos casos).

Entre em contato conosco e entenda como funciona a doação de óvulos e como você pode doar os seus.

Fontes:

Clínica de Reprodução Humana Mater Prime;

Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida.

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Posts Recentes

Categorias

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba novidades e dicas