Fale conosco pelo WhatsApp

Infertilidade

Um casal é considerado infértil quando tem relações sexuais frequentes sem utilizar contraceptivos por um ano e não obtém sucesso na gestação. Quando a mulher tem mais de 35 anos, esse período pode ser reduzido para seis meses.

Atualmente, cerca de 15% dos casais enfrentam dificuldades para engravidar e a depender do diagnóstico, pode se comprovar a infertilidade. No mundo todo esse montante chega a 60 milhões de casais.

A infertilidade pode ocorrer na mulher, no homem ou em ambos e o diagnóstico é feito após a realização de exames e análise clínica, que apontam o que pode estar impedindo a gravidez de se realizar. Os exames devem ser feitos quando o casal encontra dificuldades, observando a tentativa e a frequência.

Diversos fatores são necessários para que a gestação natural ocorra, e qualquer anomalia ou alteração pode interferir nas tentativas. Quando o casal detecta alguma dificuldade na concepção ou no desenvolvimento do feto, deve procurar ajuda especializada em uma clínica de reprodução humana e monitorar a situação, a fim de detectar possíveis problemas de fertilidade e resolvê-los com a ajuda de uma clínica de fertilização assistida.

Definição e Frequência

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a infertilidade é um problema que atinge 15% dos casais.  Em cerca de 30% dos casos de infertilidade, a causa é identificada somente na mulher. Também em 30% a dificuldade apresenta-se apenas no homem e, em 30%, são encontrados problemas em ambos. Já em 10% deles não há causa identificada, mesmo após ampla investigação diagnóstica (esses casos são chamados de infertilidade sem causa aparente ou ISCA).

SAIBA MAIS

Gravidez Ectópica

Gravidez ectópica é a gestação que ocorre fora do útero, sendo que a localização mais comum para tal situação são as Trompas de Falópio (nesse caso, também é chamada de gravidez na tuba uterina ou gravidez tubária). Essa é uma condição que afeta cerca de 3% a 5% das gestações no Brasil. Em alguns casos, a mulher pode desenvolver alguma dificuldade para engravidar novamente. Quando isso ocorre, o casal pode ser assistido por um médico especializado em reprodução humana.

SAIBA MAIS

Teste de trombofilia

A trombofilia é definida como a tendência à trombose nos vasos sanguíneos decorrente de alterações no sistema de coagulação do sangue.  A trombofilia pode ocasionar oclusão dos pequenos vasos do endométrio e dificultar ou impedir a implantação do embrião após a concepção. Porém, ela é rara e a investigação deve ser realizada principalmente nos casos de falhas em tratamentos de Fertilização in Vitro, abortos de repetição, infertilidade sem causa aparente e em pacientes com histórico familiar do problema.

SAIBA MAIS

Testes Imunológicos de Fertilização

O sistema imunológico é um dos que mais influenciam em uma gestação considerada saudável, e como tal, deve ser analisado com os exames específicos, principalmente se a mulher tem a suspeita de algum fator que influencie a infertilidade. Eles são indicados, principalmente, para os casais que apresentam falhas de implantação com embriões de boa qualidade, abortos de repetição ou histórico familiar de infertilidade.

SAIBA MAIS

Ultrassonografia

A ultrassonografia transvaginal pode ser usada para identificar diversas condições que podem estar interferindo na fertilidade da mulher, como problemas no útero ou nos ovários (miomas, pólipos, adenomiose, entre outros). Deve ser realizada nos três períodos do ciclo menstrual, pois cada um dos exames irá identificar informações diferentes de acordo com o período menstrual da mulher.

SAIBA MAIS

Histerossalpingografia

O exame conhecido como histerossalpingografia é indicado para detectar possíveis anomalias e disfunções da cavidade uterina e das trompas do sistema reprodutor feminino. O resultado da histerossalpingografia pode influenciar a escolha do tratamento de reprodução humana.

SAIBA MAIS

Exames Hormonais

Entre os exames que podem ajudar a identificar as causas da infertilidade na mulher estão os exames hormonais, que oferecerão uma visão mais ampla de aspectos biológicos importantes para o diagnóstico. Mudanças no funcionamento da tireoide na mulher, por exemplo, podem resultar em desequilíbrios na ovulação, assim como alterações nos hormônios produzidos pela glândula suprarrenal.

SAIBA MAIS

Avaliação do Casal

Após o período de um ano com relações sexuais, mas sem obter sucesso na gestação, o casal deve procurar um médico especialista em reprodução humana para identificar as causas da infertilidade. Neste momento, serão solicitados exames tanto para o homem como para a mulher na tentativa de identificar em qual dos parceiros se encontra o problema.

SAIBA MAIS

Fonte:

Clínica de Reprodução Humana Mater Prime

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Infertilidade

Sou o Rodrigo Rosa, sócio fundador da Mater Prime, Clínica de Reprodução Humana. Nós temos como propósito realizar o sonho dos casais de conceber uma nova vida! Para isso, contamos com equipe multidisciplinar composta por especialistas em reprodução humana, ginecologistas, obstetras, entre outros.

Entre em contato e saiba mais

Calculadora do Período Fértil Calculadora do Período Fértil

Adicione os seus dados na calculadora de período fértil e descubra qual é o dia previsto de sua ovulação para programar sua gravidez ou se prevenir de uma gestação fora dos planos.

Infertilidade