Fale conosco pelo WhatsApp

Teste de Fertilidade

Estima-se que 15% dos casais enfrentem dificuldades para engravidar naturalmente e, após um ano de relações sexuais frequentes sem uso de métodos contraceptivos e sem gestação, ele passa a ser considerado infértil. Quando a mulher tem mais de 35 anos, este período pode ser reduzido para 6 meses, sendo recomendado realizar um teste de fertilidade caso a concepção não ocorra.

Médico conversa com casal sobre teste de fertilidade

Uma vez que pelo menos 40% dos casos de infertilidade conjugal estão relacionados a fatores associados ao organismo masculino, a saúde do homem também precisa ser avaliada para chegar ao correto diagnóstico do problema que está dificultando a gestação. O teste de fertilidade, portanto, deve ser aplicado ao casal — sendo que cada uma das partes precisa ser submetida a exames específicos.

Qual a importância da avaliação médica?

Quando um casal detecta dificuldade para engravidar, o ideal é que ele procure uma clínica de reprodução humana. Um profissional especializado em reprodução assistida poderá fazer uma avaliação clínica a respeito do caso, solicitando exames laboratoriais específicos e analisando fatores como o histórico médico dos pacientes e o tempo de tentativas de gestação.

Esta avaliação médica inicial pode incluir exame físico, em que o especialista avalia os órgãos sexuais masculinos e femininos em busca de alterações estruturais ou malformações que podem comprometer a fertilidade. Nesta etapa do teste de fertilidade, os homens devem informar a presença de hérnias inguinais, traumas testiculares e histórico de doenças na infância.

Uma vez que cada causador de infertilidade precisa ser solucionado de uma maneira diferente, esta avaliação criteriosa do especialista é essencial para que haja sucesso no tratamento de reprodução humana que será conduzido. Cada caso precisa ser avaliado de maneira individualizada, o que exige a realização de exames mais precisos que permitem analisar a fertilidade.

Teste de fertilidade: quais são os principais exames?

Os exames necessários para diagnosticar a infertilidade do homem ou da mulher podem variar de acordo com cada caso, uma vez que a investigação leva em consideração as características clínicas do casal e seus fatores de risco. Apesar disso, é possível destacar como os principais testes que costumam ser realizados para avaliar a capacidade fértil do casal:

Exames de sangue

Considerados básicos para praticamente todos os tipos de check-ups de saúde, os exames de sangue podem ajudar na identificação de alterações hormonais no sangue tanto do homem como da mulher. Este é um importante teste de fertilidade, uma vez que concentrações inadequadas de testosterona, progesterona e estrogênio podem afetar a fertilidade.

Espermograma

Este é o principal teste de fertilidade masculina, e permite a verificação da qualidade dos espermatozoides produzidos. Para realizar este exame, é indicado que o homem fique cerca de 3 dias sem ter ejaculações. A partir deste exame, é possível analisar características do esperma no que diz respeito a:

  • Volume;
  • Viscosidade;
  • Acidez;
  • Cor;
  • Motilidade, morfologia e contagem dos espermatozoides.

Biópsia de testículo

Indicada especialmente para casos em que o espermograma aponta uma alteração, a biópsia serve para verificar a presença de espermatozoides que não conseguem sair junto com o sêmen.

Ultrassonografia

Este é um exame que pode ser realizado tanto em homens (ultrassonografia de testículos) como nas mulheres (ultrassom transvaginal). Em ambos os casos, o teste de fertilidade serve para identificar a presença de cistos, inflamações ou outras alterações que podem impedir a gestação.

Histerossalpingografia

Permite a visualização da anatomia feminina, identificando possíveis alterações ginecológicas, obstruções e presença de inflamações, tumores, pólipos e endometriose.

Teste de fragmentação do DNA espermático

Complementar ao espermograma, este é um teste de fertilidade que identifica a taxa de espermatozoides que possuem DNA fragmentado. Quanto maior for a quantidade de fragmentos de DNA presentes no sêmen, maior será o impacto na fertilidade — uma vez que há uma maior quantidade de gametas danificados.

Como tratar a infertilidade?

Caso o teste de fertilidade aponte incapacidade reprodutiva do casal, existem variados métodos que podem ser adotados para realizar o sonho de ter um filho. Caso o problema esteja associado a uma infecção ou inflamação, por exemplo, um tratamento medicamentoso específico pode solucionar a questão. Outros tratamentos medicamentosos que podem ser necessários envolvem o uso de vitaminas e fármacos para induzir a ovulação.

Os tratamentos de reprodução assistida também podem ser alternativas interessantes para casos em que há baixa qualidade ou quantidade dos espermatozoides, trompas obstruídas, baixa reserva de óvulos ou problemas de saúde como a varicocele. Fertilização in Vitro, inseminação artificial e a técnica de injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI) são alguns dos procedimentos que podem ser indicados.

A metodologia de tratamento mais indicada vai depender diretamente das causas da infertilidade, e a escolha pela técnica de reprodução humana adequada deve ser feita pelo casal juntamente com o médico especialista — que poderá avaliar as chances de sucesso para cada método. É justamente por isso que o teste de fertilidade é tão importante, permitindo uma melhor avaliação do caso.

Clínica de reprodução humana

A Mater Prime é especializada em reprodução humana que oferece métodos de alta e baixa complexidade, abrangendo assim tratamentos para todos os casos de infertilidade conjugal. Com capacidade para avaliar as dificuldades para engravidar de maneira individualizada e detalhista, os especialistas da clínica indicam e conduzem as metodologias mais adequadas para o problema.

Entre as opções de tratamento disponibilizadas na Mater Prime, estão o coito programado, inseminação artificial, fertilização in vitro (FIV), mini FIV, ICSI, congelamento de óvulos e tratamentos cirúrgicos para correção de varicocele, reversão de laqueadura, Clínica de Reprodução Humana Mater Prime;

Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia — Febrasgo.

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Infertilidade

Sou o Rodrigo Rosa, sócio fundador da Mater Prime, Clínica de Reprodução Humana. Nós temos como propósito realizar o sonho dos casais de conceber uma nova vida! Para isso, contamos com equipe multidisciplinar composta por especialistas em reprodução humana, ginecologistas, obstetras, entre outros.

Entre em contato e saiba mais

Calculadora do Período Fértil Calculadora do Período Fértil

Adicione os seus dados na calculadora de período fértil e descubra qual é o dia previsto de sua ovulação para programar sua gravidez ou se prevenir de uma gestação fora dos planos.

Infertilidade