Fale conosco pelo WhatsApp

Dr. Responde: Como me preparar para uma FIV?

Médica realiza FIV em laboratório

A Fertilização in Vitro (FIV) é um tratamento de reprodução humana assistida usado para casos de infertilidade tanto de fator masculino quanto feminino. O tratamento, considerado de alta complexidade, é um dos mais procurados atualmente devido os bons resultados, no entanto, apenas um médico especialista em reprodução poderá determinar se ele é o mais adequado ao caso.

Médica realiza FIV em laboratório
(Imagem: Shutterstock)

Dessa forma, caso a FIV seja o tratamento mais apropriado para o seu caso, é fundamental conhecer dicas de como se preparar para ela, elevando as chances de sucesso do procedimento. A seguir, o Dr. Rodrigo Rosacé especialista em Ginecologia e Obstetrícia e em Reprodução Humana da Mater Prime, esclarecerá diversas dúvidas relacionadas com a FIV e o que pode ser feito pelo casal para melhorar as chances de sucesso do tratamento. Confira!

Quais exames o casal deve fazer antes do tratamento?

Para que a FIV seja o tratamento de fertilização recomendado pelo médico especialista, inicialmente será necessário realizar diversos exames no casal para identificar as causas da infertilidade e determinar se a Fertilização in Vitro é, de fato, o procedimento mais adequado.

Essa investigação completa deve envolver, tanto a parceira quanto o parceiro, e inclui uma série de protocolos clínicos como ultrassom, avaliação hormonal, avaliação das tubas pela histerossalpingografia, espermograma e índice de fragmentação de DNA espermático.

Outros exames complementares podem ser solicitados pelo especialista como para HIV, hepatite B e C, HTLV, sífilis e rubéola.

A mulher precisa usar alguma medicação especial?

Se os exames confirmarem a infertilidade e o casal for encaminhado para um tratamento de FIV, a mulher deverá ter consciência que precisará tomar determinas medicações, sendo elas hormonais.

Na FIV as medicações são usadas para aumentar o número de óvulos maduros disponíveis no ovário durante um ciclo menstrual, ou seja, é feita uma indução de ovulação com o intuito de colher o maior número de óvulos saudáveis. O controle dessa estimulação é realizado por meio de ultrassonografia e também por exames de sangue, sendo que eles colaboram na identificação o momento correto de fazer a coleta dos óvulos.

O médico também pode recomendar tomar o ácido fólico que ajuda no desenvolvimento mais saudável do bebê, principalmente ao prevenir lesões ou má formação no tubo neural.

Após quanto tempo de tentativas a FIV é recomendada?

Os tratamentos de reprodução humana são recomendados quando o casal tem dificuldades para engravidar de forma natural, ou seja, com relações sexuais sem a utilização de métodos contraceptivos. O indicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é procurar ajuda médica após um ano de tentativas sem sucesso, sem fazer uso de métodos anticoncepcionais e com, pelo menos, três relações sexuais por mês.

Para mulheres com mais de 35 anos, ou se o casal já tiver apresentado problemas de infertilidade previamente, o recomendado é procurar um especialista em reprodução após seis meses de tentativas.

Qual a duração do tratamento de Fertilização in Vitro?

A duração dos tratamentos de FIV pode variar de acordo com a análise específica do caso. No entanto, a duração é de, em média, 20 dias por tentativa. Nesse período é realizado a estimulação ovariana, coleta dos óvulos e do sêmen e transferência dos embriões.

Dependendo das particularidades do caso, o especialista também pode recomendar que a transferência seja realizada no ciclo seguinte da coleta, fazendo com que a duração do tratamento seja maior.

A mulher pode manter uma rotina normal durante o tratamento de FIV?

Em geral, a mulher não precisará de grandes mudanças na rotina durante o tratamento de FIV, no entanto, os especialistas recomendam que não sejam realizadas atividades de impacto, como corrida ou musculação, que podem provocar o aumento dos ovários e prejudicar o tratamento.

No período também é recomendado que a mulher não cometa excessos, como consumo de álcool, tabaco ou medicações sem informar o médico especializado em reprodução humana. Mesmo o excesso de trabalho e ansiedade podem ser danosos neste momento, sendo importante evitá-los.

A mulher precisa fazer uma dieta especial?

Em geral, o tratamento não exige grandes restrições alimentares, no entanto, recomenda-se que os parceiros mantenham uma alimentação saudável (incluindo o homem antes da coleta do sêmen). Além de evitar alimentos ultraprocessados é recomendado:

  • Consumir entre 60 a 70 g de proteína diariamente. Esse nutriente pode ser encontrado em carnes magras, peixes, favas, ovos e lentilhas;
  • Comer alimentos ricos em cálcio, como iogurte, amêndoas, queijo e legumes como couve, espinafre e nabo;
  • Ingerir alimentos ricos em ácido fólico como legumes, frutas, favas, ervilhas, lentilhas, castanhas e cereais.

Além disso, a mulher deve ingerir uma quantidade adequada de água diariamente visando manter-se hidratada e nutrida.

Existe algum efeito colateral no tratamento de Fertilização in Vitro (FIV)?

A medicação ingerida durante o tratamento pode provocar alguns efeitos colaterais leves como inchaço e ganho de peso. Ocorrências mais intensas como dor de cabeça, desconforto abdominal e mudanças de apetite ou humor estão associadas a casos de estimulação exagerada dos óvulos, sendo importante comunicar o médico se ocorrerem.

Os efeitos colaterais graves como trombose, sangramentos e infecções são raros, mas podem acontecer, o que exige um monitoramento contínuo do médico responsável.

Quais as chances de sucesso da Fertilização in Vitro (FIV)?

Antes de iniciar um tratamento de FIV o casal deve ter consciência das chances de sucesso, alinhando às expectativas às possibilidades reais do método. A média de sucesso do procedimento é de 40%, podendo aumentar ou diminuir de acordo com as particularidades do caso.

Aspectos que influenciam as chances de sucesso da FIV são a idade da mulher, causas da infertilidade e hábitos de vida, por exemplo.

A FIV é um tratamento que tem possibilitado que muitos casais realizem o sonho da maternidade e paternidade, no entanto, é essencial que o procedimento seja realizado por um médico especializado em reprodução humana e que todas as recomendações de preparo físico e emocional sejam adotadas pelo casal. Caso ainda tenha ficado dúvidas acerca da Fertilização in Vitro agende sua consulta na Mater Prime, clínica de reprodução humana assistida.

 

Fonte: Organização Mundial da Saúde (OMS)

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Posts Recentes

Categorias

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba novidades e dicas