Fale conosco pelo WhatsApp

Todo obstetra é Especialista em Reprodução Assistida?

Especialista em reprodução assistida conversa com casal no consultório

O especialista em reprodução assistida é um profissional cada vez mais demandado no Brasil, já que o país apresenta uma crescente busca pelos tratamentos de reprodução assistida.

Especialista em reprodução assistida conversa com casal no consultório

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o ano de 2018 apresentou um crescimento de 18,7% nos tratamentos de fertilização in vitro (FIV) em relação a 2017, e mais que o dobro do que os que foram realizados em 2012. O especialista em reprodução assistida é o responsável por conduzir esse tipo de método de reprodução assistida.

Como é a formação do especialista em reprodução assistida?

No Brasil é realizada, em geral, uma especialização que contempla as áreas de ginecologia e obstetrícia ao mesmo tempo. Entretanto, é preciso entender que cada uma delas envolve questões distintas.

A obstetrícia é responsável por fatores relacionados à reprodução humana, enquanto a ginecologia cuida da saúde do aparelho reprodutor feminino, desde a infância até a terceira idade.

Para tornar-se um especialista em reprodução assistida, o profissional deve cursar os 6 anos da graduação em Medicina, na qual estuda o corpo de uma perspectiva biológica e humana mais geral. Posteriormente, o médico formado faz residência em Ginecologia-Obstetrícia, o que levará mais 3 anos de estudos para entender as patologias relacionadas à mulher e reprodução.

Por fim, o profissional deverá realizar mais uma subespecialização que demanda uma residência médica de um ano. Existem diversas áreas — como mastologia, sexologia, medicina fetal e, claro, reprodução humana.

Portanto, o especialista em reprodução assistida reúne 10 anos de estudos antes de poder atuar nessa área. Na subespecialização específica, ele aprende a manipular técnicas específicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro, inseminação artificial e outras.

O especialista também pode ser um médico urologista que, depois da especialização, realizou uma subespecialização na área de reprodução humana a partir da perspectiva do aparelho reprodutivo masculino.

O que faz um especialista em reprodução assistida?

O especialista em reprodução assistida é responsável por diagnosticar causas de infertilidade feminina ou masculina que comprometam a fertilidade do casal, impedindo uma gravidez de sucesso.

Após uma avaliação do quadro, considerando todas as particularidades do caso, ele identificará quais métodos de reprodução humana apresentam mais chances de sucesso para o casal. Existem várias técnicas, por exemplo:

  • FIV: um dos métodos de reprodução mais conhecidos pelo qual ocorre o estímulo ovariano na mulher e coleta dos óvulos com posterior fecundação em laboratório, implantando o óvulo já fecundado;
  • Inseminação artificial: técnica pela qual os gametas masculinos são coletados e inseridos diretamente na cavidade uterina de acordo com o monitoramento do ciclo ovulatório da paciente, que pode receber um estímulo hormonal para aumentar as chances de concepção;
  • Coito programado: método de reprodução indicado para casais com menos tempo de infertilidade. Nesses casos, o período de ovulação da mulher é identificado por meio de exames para que a relação sexual ocorra no melhor dia para fecundação.

O especialista em reprodução assistida deve ser procurado quando o casal não consegue engravidar após 12 meses de tentativas sem o uso de métodos contraceptivos.

Em alguns casos específicos, como mulher com idade avançada, ciclo irregular, endometriose, síndrome dos ovários policísticos e outros, o suporte especializado deve ser procurado após 6 meses de tentativas sem sucesso.

Destaca-se que muitos pacientes já buscam o consultório do especialista afirmando o desejo de fazer uma FIV. Com as melhores taxas de sucesso, cerca de 45%, muitos casais querem iniciar o tratamento já pelo método mais complexo.

No entanto, nem sempre a FIV é o método mais indicado, sendo que é fundamental ouvir a orientação do especialista em reprodução assistida para definir qual a melhor técnica de acordo com as necessidades específicas do casal.

Fontes:

Clínica de Reprodução Humana Mater Prime.

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Posts Recentes

Categorias

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba novidades e dicas