Fale conosco pelo WhatsApp

O que prejudica a gravidez?

O que pode prejudicar a gravidez: Mulher tentando engravidar

O que pode prejudicar a gravidez: Mulher tentando engravidar

Os casais tentantes buscam diversas maneiras para obter o tão sonhado teste positivo. No entanto, além de verificar o que pode ser feito é preciso saber o que prejudica a gravidez e as causas da infertilidade para criar o ambiente mais propício possível para a fecundação.

Existem diversos hábitos corriqueiros que podem impactar negativamente a fecundação, tanto físicos quanto psicológicos. Por isso, é importante descobrir o que prejudica a gravidez e contar o auxílio de um ginecologista para potencializar as chances de uma gestação.

Confira a seguir o que pode atrapalhar a gravidez com as informações cedidas pelos ginecologistas da Clínica Mater Prime.

Como a idade prejudica a gestação?

A idade é um fator que interfere na fertilidade masculina e feminina, entretanto, o impacto é consideravelmente maior nas mulheres. Isso porque, a reserva ovariana diminui com o passar do tempo, fazendo com que as chances de conseguir uma gravidez natural também sejam menores.

Por outro lado, é importante ressaltar que o casal pode engravidar mesmo estando em uma faixa etária com taxa de sucesso menor — como acontece a partir dos 35 anos, por exemplo. Caso o método natural não traga o resultado esperado, o casal pode optar por um tratamento de reprodução humana assistida. Para saber quais são as técnicas disponíveis e quais são as mais indicadas para seu caso é essencial consultar um especialista em reprodução humana.

O que prejudica a gestação: alimentação e fatores físicos

Quando o assunto é o que prejudica a gravidez é fundamental pensar na saúde do corpo. Afinal, o organismo precisa estar saudável para gerar os melhores gametas masculinos e femininos e proporcionar à mulher uma gestação mais tranquila. Saiba mais sobre como alguns hábitos podem dificultar a gravidez.

Alimentação

O consumo excessivo de gorduras saturadas, presente em grande parte dos alimentos fast-food, pode ser nocivo para a fertilidade. Também faz parte desta lista os carboidratos e o açúcar, que reduzem as chances de fecundação em 25%.

Para evitar consumir o que prejudica a gestação é importante manter uma alimentação equilibrada, garantindo a ingestão de vitaminas e nutrientes em quantidades moderadas. A dieta saudável auxilia tanto na concepção natural quanto durante o processo de Fertilização in Vitro (FIV), uma das técnicas de reprodução assistida.

Bebidas alcoólicas e cafeinadas

Neste caso, também cabe a regra de evitar o excesso. A ingestão exagerada de bebidas alcoólicas, por exemplo, pode afetar a produção hormonal da mulher e a produção de espermatozoides. Portanto, é fundamental reduzir a ingestão de refrigerantes, álcool — limitando em 3 doses por semana —  e café, no máximo, 3 xícaras por dia.

Obesidade

O excesso de peso impacta na qualidade dos óvulos, na mobilidade do espermatozoide, entre outros fatores importantes para a fertilidade do homem e da mulher. Por isso, praticar atividades físicas regularmente é crucial para os casais tentantes terem mais chances de sucesso seja na gravidez natural ou via tratamento de reprodução humana.

Tabagismo

Nesta lista, o que prejudica a gravidez com maior intensidade é o cigarro. O tabagismo pode reduzir consideravelmente a reserva ovariana — com possibilidade de antecipar a menopausa em até 7 anos — e a qualidade de produção dos espermatozoides. Considerando os efeitos do tabagismo na saúde em geral, o recomendado é que o casal pare com o hábito de fumar o quanto antes.

O que prejudica a gravidez: Casal tentando engravidar

Como os medicamentos podem atrapalhar a gravidez?

O uso de alguns remédios pode interferir no potencial fértil do homem ou da mulher, entretanto, a suspensão deve ser analisada com cautela. Afinal, a retirada completa de um medicamento pode levar a outros problemas.

Por exemplo: o que prejudica a gravidez ao tomar um antidepressivo é o impacto no ciclo menstrual. Por outro lado, a suspensão do medicamento pode desencadear outros fatores de risco para a gravidez, como a alimentação inadequada, a ansiedade e o estresse.

O que prejudica a gravidez: fatores psicológicos

O estresse e a ansiedade são dois dos principais fatores psicológicos que podem dificultar a concepção natural ou por meio de reprodução humana. Por conta disso, é essencial que o casal tentante procure maneiras de relaxar, seja com meditação ou com terapia, para que a probabilidade de conseguir uma gestação seja maior.

Também vale a pena citar o papel que o descanso desempenha na fertilidade de um casal e que pode desencadear o estresse, ansiedade, entre outros distúrbios psíquicos que diminuem as chances de gestação. Portanto, é preciso garantir noites bem dormidas para evitar o que prejudica a gravidez.

Quais doenças podem reduzir as chances de gravidez?

As patologias e distúrbios mais comuns que podem diminuir a possibilidade de a mulher engravidar são:

  • Trombofilias;
  • Endometriose;
  • Mioma uterino;
  • Hipotireoidismo;
  • Hipertireoidismo;
  • Distúrbios na hipófise;
  • Ovulação desregulada;
  • Síndrome de Anovulação Crônica;
  • Síndrome do Ovário Policístico.

No caso dos homens, as doenças e distúrbios que impactam negativamente na fertilidade são:

  • Varicocele;
  • Criptorquidia;
  • Azoospermia;
  • Síndrome de Klinefelter;
  • Fragmentação do DNA espermático;
  • Doenças infecciosas como a sífilis e a gonorreia.

Descobrir o que prejudica a gravidez e controlar os fatores nocivos pode ser muito benéfico para os casais tentantes, principalmente quando alinhado com o acompanhamento e orientação de um médico especialista de confiança. Caso tenha restado alguma dúvida, entre em contato e agende uma consulta com um dos especialistas da Mater Prime.

 

Fontes:

Clínica Mater Prime;

Revista Saúde Online – Matéria publicada em agosto/2019;

Revista Crescer Online – Matéria publicada em junho/2019;

Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Posts Recentes

Categorias

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba novidades e dicas