Quem tem cisto no ovário pode engravidar?

Fale conosco pelo WhatsApp
Quem tem cisto no ovário pode engravidar?

Saiba se uma mulher com cisto no ovário pode engravidar e entenda como isso pode afetar a fertilidade

As estimativas médicas indicam que uma em cada quatro mulheres pode ser acometida por cistos no ovário. Esta condição clínica comum deixa muitas mulheres preocupadas, pois cria-se a dúvida se quem tem um cisto no ovário pode engravidar. É importante já quebrar esse mito de cara e responder a essa questão: sim, uma mulher com cisto no ovário pode engravidar.

Entretanto, isso não significa que este seja um tema que deva ser deixado de lado, e é essencial conhecer mais sobre o assunto. O cisto nada mais é do que a formação de uma bolsa de líquido nos ovários. Os cistos podem surgir de forma assintomática e várias vezes ao longo da vida da mulher. Seu desenvolvimento deve ser acompanhado por um médico ginecologista para evitar problemas que desencadeiam alterações hormonais que afetam a fertilidade.

Como identificar um cisto no ovário?

Seja em casos sintomáticos ou assintomáticos, o médico pode acabar identificando um cisto no ovário por meio de um exame de imagem, exames de sangue ou laparoscopia, o que reforça a importância da conversa sincera com o especialista para o relato de quaisquer situações anormais e a realização de exames de rotina durante o período fértil.

Alguns sintomas comuns em mulheres com cisto no ovário são:

  • Fortes dores na região abdominal, nas costas ou nas pernas e na lateral da pelve;
  • Desconforto e dores durante a realização do ato sexual;
  • Irregularidade nos ciclos menstruais;
  • Sangramento vaginal fora do período menstrual;
  • Atrasos nos ciclos menstruais;
  • Alterações hormonais que levam ao ganho de peso;
  • Sensação de pressão ou inchaço na região abdominal;
  • Dor ao evacuar.

Algumas alterações na região pélvica podem afetar a produção de hormônios e, por consequência, dificultar a gravidez, por essa razão é comum que muitas mulheres fiquem preocupadas sobre se quem tem cisto no ovário pode engravidar. Mas lembre-se: o cisto no ovário não é um impedimento direto para uma gestação saudável, desde que haja tratamento adequado.

Qual a relação entre cisto no ovário e a fertilidade/gravidez?

Quem tem cisto no ovário pode engravidar, visto que o cisto não causa infertilidade. O problema do cisto está ligado às dificuldades de produção de hormônio em níveis adequados, o que também afeta os ciclos menstruais e gera disfunções no processo ovulatório.

Alguém com cisto no ovário pode engravidar, mas devido a essas alterações internas, também pode enfrentar dificuldades para conseguir uma gravidez de forma natural. Com um diagnóstico médico adequado, a mulher estará informada sobre sua condição clínica e saberá como tratar o cisto, evitando possíveis frustrações no processo de tentativas para engravidar.

Quais são os tipos de cistos no ovário?

Existem vários tipos de cistos no ovário, sendo os mais diagnosticados os cistos funcionais (folicular e lúteo). Estes dois são considerados benignos e comuns em mulheres mais jovens, por serem decorrentes do processo da ovulação. Alguns outros tipos são:

  • Cisto hemorrágico;
  • Endometrioma;
  • Cisto dermoide;
  • Cistoadenoma;
  • Cisto de teca-luteína.

Os tipos de cistos da lista acima devem ser vistos com maior atenção pela paciente, pois não se trata apenas da questão de se quem tem cisto no ovário pode engravidar, e sim do desenvolvimento de problemas de saúde mais sérios.

Mito ou verdade: medicamentos para fertilidade podem causar cistos?

É verdade que os medicamentos para fertilidade podem causar cistos, visto que esses remédios geram uma hiperestimulação dos ovários e, por consequência direta, o aparecimento de cistos. É um efeito colateral comum, mas que é acompanhado pela equipe médica especializada em reprodução humana que auxilia a mulher nas tentativas de engravidar.

Quais são os tratamentos para cisto no ovário?

Alguns cistos no ovário podem desaparecer de forma espontânea, sem depender de uma intervenção cirúrgica ou medicamentosa. Na maioria dos casos, o cisto no ovário é benigno e não precisa ser removido.

O tratamento do cisto no ovário não possui uma recomendação generalizada. Cada caso é visto individualmente para que se saiba o que é mais adequado para a paciente em questão. Em alguns casos, pode ser indicado o uso de anticoncepcionais hormonais. Os anticoncepcionais, na maioria das vezes, fazem com que os cistos diminuam de tamanho e até mesmo despareçam. Dessa forma, a paciente poderá retornar as suas tentativas de gestação espontânea ou ao seu tratamento de reprodução humana.

Quando o cisto causa muitas dores ou possui um tamanho muito grande, o médico poderá indicar a realização de uma cirurgia para sua remoção, evitando complicações clínicas antes ou durante a gravidez.

Para mais informações sobre o assunto, entre em contato e agende uma consulta com os especialistas da Mater Prime.

Fonte:
Clínica de Reprodução Humana Mater Prime.

 

Agende sua consulta

Para agendar uma consulta, preencha o formulário abaixo com seus dados e nossa equipe retornará para confirmar o agendamento

Posts Recentes

Categorias

Realize o sonho de ter seu bebê em casa

Clínica

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Agende sua consulta

Instagram Dr. Rodrigo RosaYoutube Dr. Rodrigo Rosa x