Fale conosco pelo WhatsApp

Técnica Zymot para seleção de espermatozoides

Técnica visa melhorar a seleção do sêmen a ser utilizado no tratamento de Fertilização in Vitro (FIV).

A medicina está em constante evolução, buscando oferecer soluções e aprimoramentos às técnicas utilizadas no atendimento ao paciente. No âmbito da reprodução humana, uma das novidades que pode ser destacada é a técnica Zymot.

A técnica Zymot é uma ferramenta laboratorial inovadora que permite a seleção dos espermatozoides mais rápidos e saudáveis, possibilitando que os tratamentos de reprodução assistida obtenham os melhores resultados possíveis. Aprovada pela Agência de Vigilância Sanitária dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês), a técnica é adotada por algumas clínicas no Brasil, como é o caso da Clínica Mater Prime.

Saiba mais sobre o assunto com informações cedidas pelos especialistas em reprodução humana da Mater Prime.

Como funciona a técnica Zymot?

A técnica Zymot faz uma simulação do caminho que os espermatozoides precisam fazer no útero para fecundar o óvulo. Ao recriar esse processo fora do organismo da mulher, o médico consegue analisar quais espermatozoides possuem a melhor motilidade e morfologia para, então, selecioná-lo e dar prosseguimento ao tratamento de reprodução humana.

Esse procedimento é realizado por uma técnica de seleção através da microfluídica. Essa seleção ocorre de uma forma mais rápida do que as técnicas convencionais para seleção de espermatozoides, podendo chegar a uma redução no tempo de 80%. A Zymot é feita com base nas seguintes etapas:

  1. Os espermatozoides são incubados a uma temperatura de 37ºC para liquefação;
  2. O dispositivo no qual os espermatozoides serão testados é aberto com cuidado;
  3. O profissional utiliza uma micropipeta para tirar a solução de lavagem de esperma que é cuidadosamente inserida na porta de entrada do dispositivo;
  4. Os espermatozoides com a solução de lavagem são colocados na incubadora a 37ºC por 30 minutos;
  5. O material coletado é transferido para um tubo tampado e guardado para ser implantado na mulher posteriormente.

Quando a técnica Zymot é indicada?

A Zymot é utilizada nos tratamentos reprodutivos que necessitam da seleção de espermatozoides para os quadros de infertilidade como, por exemplo, oligozoospermia, astenozoospermia, sendo indicação principal o aumento da fragmentação do DNA espermático. Os procedimentos nos quais a técnica pode ser utilizada são:

Em tratamentos nos quais ocorre somente a estimulação ovariana — como o coito programado, por exemplo — a técnica não é adotada. Por isso, é fundamental conversar com o médico ginecologista especializado em reprodução humana assistida para entender se é possível utilizar a técnica Zymot.

Quais são as vantagens da técnica Zymot?

Geralmente, as clínicas de reprodução humana utilizam um método de centrifugação para selecionar os espermatozoides mais saudáveis para os tratamentos. Apesar de ser eficiente, a técnica oferece algumas desvantagens para a qualidade do gameta masculino, interferindo diretamente nas chances de o material biológico do homem fecundar o óvulo. A técnica Zymot, por sua vez, se destaca por oferecer mais performance com resultado mais rápido e com menos chances de erro.

Os principais benefícios da técnica são o aumento da motilidade do espermatozoide, potencializando as chances de ele fecundar o óvulo, e a possibilidade de alcançar níveis pequenos de fragmentação do DNA espermático. Esse fator impacta tanto no potencial fértil do sêmen, quanto na qualidade da fertilização — isso porque um embrião oriundo de espermatozoides com DNA fragmentado pode apresentar atraso de desenvolvimento e ocasionar aborto precoce em alguns casos devido formação de embriões com qualidade inferior.

Os tratamentos de reprodução humana geram uma grande expectativa no casal, sobretudo quando ele possui um histórico de tentativas de fecundação que não foram bem sucedidas. Por esse motivo, o uso da técnica Zymot representa uma mudança significativa no âmbito da reprodução assistida e oferece ao paciente uma otimização das chances de fecundação nas técnicas FIV, ICSI ou IIU.

Caso queira saber mais sobre a técnica Zymot e demais tratamentos de reprodução humana assistida, entre em contato e agende uma consulta com os especialistas da Mater Prime.

Fonte:

Clínica de Reprodução Humana Mater Prime

Desde 2012 ajudando pessoas a realizarem o sonho de gerar uma vida e formar uma família, a Mater Prime é uma clínica de reprodução humana que preza pelo atendimento humanizado e personalizado. Para isso, nosso espaço conta com uma estrutura completa e acolhedora, além de equipe especializada para tratar problemas de infertilidade.

Posts Recentes

Categorias

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba novidades e dicas